Tatajuba

Tatajuba

Nome científico: Bagassa guianensis.

Nome Popular: Tatajuba, Tatajuva, Amaparana, Bagaceira e Garrote.

Características: Madeira Pesada (densidade 0,82 g\cm Ñ ); dura ao corte; de textura grossa; grã direita a irregular; resistente e de boa durabilidade natural. O cerne apresenta-se amarelo logo após o corte da madeira, muitas vezes com faixas mais escuras. Depois da secagem, a cor se torna amarela oliva e, após a exposição à luz, transforma-se em marrom dourado. O alburno é estrito, nitidamente diferenciado do cerne e varia de amarelo pálido a branco amarelado. A madeira apresenta textura média, mostra desenhos em estrias nas superfícies radiais, alto brilho nas superfícies longitudinais e possui grã geralmente entrecruzada. Quando seca ao ar, a madeira não tem cheiro nem sabor.

Origem: Região Amazônica (Acre, Rondônia, Amazonas, Pará e Maranhão) em matas de terra firme e nas Guianas. Também é particularmente frequente na região do baixo Amazonas até o estuário, onde ocorre na mata alta de terra firme.